Arroz de brócolis

E aí pessoal? Tudo beleza? Hoje irei postar a receita que completa aquele do prato que postei na minha página do Facebook (figura 1). Seguindo a sequência das postagens, no dia 17 de maio postei a receita do salmão com gergelim, no dia 19 o mousse de atum e hoje irei ensinar a fazer o arroz de brócolis.


Figura 1 – Salmão com gergelim, mousse de atum e agora o arroz de brócolis.

INGREDIENTES
Para o arroz vocês irão precisar de:

  • 1 colher de sopa de azeite (ou óleo),
  • 1 colher de sopa de alho picado,
  • 1 colher de chá de sal,
  • 1 xícara de arroz branco,
  • 2 xícaras de água.

Para o arroz de brócolis vocês irão precisar de:

  • 1/2 maço de brócolis,
  • 1 colher de sopa de manteiga,
  • 1 colher de sopa de azeite,
  • 1 colher de sopa de alho picado.

COMO FAZER
A parte mais complicada (se é que pode ser chamada de complicada) é fazer o arroz. Meus amigos desbravadores da cozinha, vamos quebrar um paradigma agora: NÃO É DIFÍCIL FAZER ARROZ!!! Essa história de arroz “unidos venceremos” não acontece mais, pois a qualidade do arroz hoje em dia é muito melhor do que antigamente, quando suas mães cozinhavam para vocês, estamos combinados?!

Numa panela alta em fogo médio, coloquem a colher de azeite, a colher de alho picado e a colher de chá de sal e após o alho ficar levemente dourado, incluam a xícara de arroz (figura 2).


Figura 2 – Azeite, alho e sal.

Mexam um pouco o arroz de maneira que ele fique ligeiramente brilhoso devido ao azeite e em seguida coloquem as duas xícaras de água (figura 3).


Figura 3 – Duas xícaras de água.

PARENTESES
NÃO tem erro. A proporção de água para arroz é sempre o dobro! Se for uma xícara de arroz, serão duas xícaras de água. Se forem quatro xícaras de arroz, serão oito xícaras de água. Se for um caminhão de arroz, serão dois caminhões de água!!! É simples assim!!!

Tampem parcialmente a panela de arroz (figura 4) e esperem a água secar (figura 5). Na medida em que a água for evaporando, vocês devem ficar atentos para que o arroz não queime no fundo da panela.

DICA
Fiquem atentos para ouvirem uns “estalos” bem baixinhos vindo da panela, isso significa que a água secou e caso vocês não desliguem o fogo, o arroz começará a queimar.


Figura 4 – Panela parcialmente tampada.


Figura 5 – Estão ouvindo uns estalos? É sinal de que a água secou. Desliguem o fogo.

Pronto o arroz está preparado! Vamos cuidar agora do brócolis. Com uma tesoura ou faca, cortem pequenos talos do brócolis (figura 6), quanto menor conseguirem cortar os talos, melhor eles ficarão integrados ao arroz (figura 7).


Figura 6 – Para isso eu gosto de usar uma tesoura culinária.


Figura 7 – Quanto menor, melhor.

Em seguida, coloquem os talos cortados numa peneira e despejem uma leiteira completa de água quente sobre eles, para deixá-los escaldados (figura 8).


Figura 8 – Escaldando os talos de brócolis, eles ficarão mais macios.

Numa frigideira em fogo alto coloquem o azeite, a manteiga e o alho. Quando a manteiga derreter por completo e o alho der uma ligeira fritada, abaixem o fogo e incluam o brócolis.


Figura 6 – Brócolis para refogar.

Permaneçam mexendo o brócolis para refogá-lo com auxílio de uma colher de bambu ou espátula de silicone até que a parte da gordura proveniente da manteiga e do azeite desapareça, logo em seguida incluam o arroz cozido (figura 7).


Figura 7 – Incluam o arroz cozido. Quanto mais fresco o arroz, melhor será o sabor.

Misturem o arroz ao brócolis de forma delicada para não “esmigalhar” os talos (figura 7), dessa forma o brócolis ficará perfeitamente integrado ao arroz. Sirvam-no ainda quente (figura 8).


Figura 7 – Misturem delicadamente.


Figura 10 – Servidos?

VAMOS TENTAR?
AOS TALHERES!

2 comentários em “Arroz de brócolis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.