Bolo de camomila e açúcar mascavo

E aí pessoal? Tudo beleza? Como vocês sabem, sempre priorizei fazer comidas salgadas, porém após o sucesso na preparação e, principalmente, os elogios recebidos pela torta de maracujá que fiz por ocasião do almoço do dia das mães, iniciei minhas tentativas de preparação de comidas doces.

Hoje, vou apresentar uma de um bolo para ser consumido em um lanche da tarde em que você está esperando receber amigos ou parentes para  matar as saudades e colocar a conversa em dia, trata-se de um bolo de camomila e açúcar mascavo.

Na primeira vez que comi esse bolo, fiquei tentando imaginar o que tinha de tão diferente na receita, pois algum ingrediente estava dando um toque especial, após algumas tentativas frustradas , descobri que o que dava um toque especial era a junção do chá de camomila e o açúcar mascavo.

Amigos, desde já aviso que NÃO É um “bolo comum”, é realmente um bolo diferente que além da camomila e açúcar mascavo, também é incluído aveia em substituição à parte da farinha de trigo. Existem na internet alguma receitas de bolo de açúcar mascavo e outras de bolo de camomila, porém com esses dois ingredientes eu não encontrei, espero que gostem.

Vocês irão precisar de:

  • 1 xícara de açúcar mascavo,
  • 1 xícara de açúcar refinado,
  • 100 gramas de margarina
  • 4 ovos,
  • 1 pote de iogurte natural com mel,
  • 1 xícara de farinha de trigo,
  • 2 xícaras de aveia
  • 1 colher de sopa de fermento em pó,
  • 1 e 1/2 xícaras de água fervida e com três sachês de chá camomila preparados, 

Como fazer:

Para não perder tempo no final da receita, já adiantem a confecção do chá de camomila, colocando em uma xícara e meia de água fervendo 3 sachês de chá de camomila (figura 1), após três minutos de infusão, escorra-o e reserve (figura 2).

Figura 1 - 3 Sachês em 1 e 1/2 de água fervendo.

Figura 1 – 3 Sachês em 1 e 1/2 de água fervendo.

Figura 2 - Escorra o chá e reserve-o.

Figura 2 – Escorra o chá e reservem

Numa tigela coloquem a xícara de açúcar mascavo e a xícara de açúcar refinado peneirando antes, pois principalmente o mascavo contém “bolinhas” que devem ser  descartadas (figuras 3, 4 e 5).

Figura 3 - Utilizem a peneira

Figura 3 – Utilizem a peneira.

Figura 4 - Percebem as "bolinhas" retidas na peneira.

Figura 4 – Percebem as “bolinhas” retidas na peneira.

Figura 5 - Já que está suja de açúcar mesmo, peneire também o açúcar refinado.

Figura 5 – Aproveite que a peneira está suja de açúcar e peneire também o açúcar refinado.

Agora é colocar o restante dos ingredientes na seguinte ordem: manteiga, ovos, iogurte, farinha de trigo, aveia e fermento e por fim o chá, sempre lembrando que após a inclusão de cada novo ingrediente, a massa deve ser mexida com uma espátula de silicone (figuras 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13, 14, 15 ,16 e 17).

Figura 6 - Manteiga

Figura 6 – 100 gramas de manteiga.

Figura 7 - Mexa bem até que se forme uma massa única e de cor "amarronzada"

Figura 7 – Mexam bem até que se forme uma massa única e de cor “amarronzada”.

Figura 8 - Adicione os 4 ovos

Figura 8 – Adicionem os 4 ovos.

Figura 9 - Mexa bem até dissolver todo o açúcar.

Figura 9 – Mexam bem até dissolver todo o açúcar.

Figura 9 - Adicione o Iogurte natural de mel.

Figura 10 – Adicionem o Iogurte natural de mel.

Figura 11 - Mexa bem até ficar tudo com a mesma cor amarronzada.

Figura 11 – Mexam bem até ficar tudo com a mesma cor amarronzada.

Figura 12 - Adicione a xícara de farinha de trigo.

Figura 12 – Adicionem a xícara de farinha de trigo.

Figura 13 - Mexa MUITO, mas MUITO mesmo, para a farinha incorporar na massa sem fazer "grumos".

Figura 13 – Mexam MUITO, mas MUITO mesmo, para a farinha incorporar na massa sem fazer “grumos”.

Figura 14 - Adicione as duas xícaras de aveia.

Figura 14 – Adicione as duas xícaras de aveia.

Figura 15 - Mexa bem até... adivinhem?? Isso, ficar tudo com a cor amarronzada.

Figura 15 – Mexa bem até… adivinhem?? Isso, ficar tudo com a cor amarronzada.

Figura 16 - Coloque a colher de fermento.

Figura 16 – Coloquem a colher de fermento e mexa bem para distribuirem o fermento por toda a massa.

Figura 16 - Coloque o chá que estava reservado e mexa bem

Figura 16 – Coloquem o chá que estava reservado e mexam bem.

Pronto, com tudo literalmente “junto e misturado” vamos colocar toda a massa numa forma redonda com furo de no meio de 23 cm de diâmetro, já untada e farinhada (figura 17 e 18).

Figura 17 - Forma untada e farinhada.

Figura 17 – Forma untada e farinhada.

Figura 18 - Massa toda despejada.

Figura 18 – Massa toda despejada.

Pronto, agora é levar ao forno pré aquecido à 200°C por 40 a 45 minutos. Esse bolo quando pronto fica com uma consistência diferente dos bolos comuns (bem macio) ou de um bolo de aipim (que parece “solado”), ele fica mais ou menos no meio termo entre os dois, mas acreditem fica maravilhoso (Figura 19).

Figura 19 - Servidos?

Figura 19 – Servidos?

Enquanto fazia essa receita uma mocinha apareceu atrás de mim na cozinha já com a touca na cabeça perguntando “- Papai, posso te ajudar?”, foi maravilhoso ver a minha filha de apenas 6 anos querer estar ao meu lado num momento em que ela poderia estar vendo desenho na TV ou brincando de boneca, GANHEI O DIA!!! O meu filho mais velho por várias vezes me ajuda na cozinha, mas nunca foi de forma tão precoce como ela, quem sabe não tenho uma futura Chef aqui em casa?  (Figura 20).

Figura 20 - Minha auxiliar de cozinha!

Figura 20 – Minha auxiliar de cozinha!

Caso você tenham uma batedeira em casa, ficará ainda mais fácil de ser feito, apesar de ter batedeira em casa fiz na mão para mostrar que é possível, na verdade se perceberem nas fotos, a mãozinha que mexe a maioria dos ingredientes não é a minha e sim da minha filha.

VAMOS TENTAR?
AOS TALHERES!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.