Canelloni invertido

E aí pessoal? Tudo beleza? Me corrijam se eu estiver errado. Acho que a primeira comida que as pessoas tentam fazer na cozinha é o macarrão, estou certo?! Via de regra as pessoas pensam “é só colocar na água quente e pronto!”, mas quem cozinha minimamente sabe que não é assim. Nem o macarrão instantâneo é assim, na AMAN eu vi vários amigos que conseguiram “empapar” o macarrão instantâneo, acreditam nisso?!

Isso  acontecia porque eles não liam as instruções previstas no pacote ou não usavam a técnica do macarrão na parede… O que? Vocês não fazem ideia do que estou falando? Pois é, ouvi essa “insanidade” uma vez e achei que era mentira, mas tem um monte de gente que dá essa dica na internet, deem uma procurada lá.

Enfim amigos desbravadores da cozinha, voltando ao assunto,  o macarrão, ou melhor, as massas em geral são talvez a primeira experiência de quem se aventura a cozinhar, para mim não foi diferente; o espaguetti na manteiga com ovo cozido ERA minha especialidade, kkkkk.

A receita que irei ensinar hoje foi uma invenção bem sucedida de algum cozinheiro. Muitos já devem ter comido uma massa conhecida como canelonni (figura 1), algo como um canudo grosso de massa recheado com frango, ou queijo e presunto, ou alho poró e kani, ou ricota e espinafre e etc.

O Canelloni invertido, como o nome diz, é justamente ao contrário, trata-se de utilizar uma fatia de queijo e outra de presunto para enrolar a massa(que no caso dessa receita irei utilizar o macarrão conhecido como cabelinho de anjo). Explicando dessa forma supeficial, parece até que não dará certo, mas acreditem dá certo e fica maravilhoso.

Figura 1 – Canelloni Tradicional

Vocês irão precisar de:

– 1 pacote de 500 g de macarrão tipo cabelinho de anjo de boa qualidade,

– 4 colheres de sopa de manteiga,

– 4 colheres de sopa de alho picado,

– 1 tomate sem caroço picado,

– 300 gramas de queijo mussarela ou prato cortado em fatias,

– 300 gramas de presunto cortado em fatias,

– 50 gramas de bacon cortado em cubos,

– 02 sachês de molho de tomate,

– 15 azeitonas pretas descaroçadas e picadas.

Como fazer:

A primeira coisa que deve ser feita é cozinhar o macarrão cabelinho de anjo, seguindo o passo a passo previsto no pacote da massa que compraram. O tempo de cozimento desse tipo de massa é muito rápido, a que comprei por exemplo foram necessários apenas quatro minuto de cozimento. Cozido o macarrão reserve-o.

Após isso coloquem uma panela grande (pode ser a que foi utilizada para cozinhar o macarrão) no fogo alto e adicionem o bacon picado (figura 2), quando a gordura do bacon derreter, incluam duas colheres de sopa de alho picado (figura 3).

(6)

Figura 2 – Bacon no fogo alto e derretendo.

 

Figura 3 – Desculpem pela foto, não está das melhores.

Mexam bem com uma colher de bambu, para que o alho e o bacon fiquem distribuídos igualmente na frigideira e comecem a fritar na gordura do bacon e após isso incluam duas colheres de sopa de manteiga (figura 4).

Figura 3 - Alho e bacon distribuídos igualmente.

Figura 4 – Alho e bacon distribuídos igualmente.

Após a manteiga derreter, coloquem o tomate picado e mexam com uma colher de bambu, para que o tomate incorpore aos outros ingredientes (figura 5).

Figura 4 - Tudo junto e misturado.

Figura 5 – Tudo junto e misturado.

Enquanto o tomate incorpora aos outros ingredientes na frigideira,  peguem o macarrão cabelinho de anjo reservado e joguem um pouco de água fria nele (pouco mesmo), e com a ponta dos dedos mexam-no para que ele fique bem soltinho.

Aos poucos, comecem a colocar o macarrão sobre a panela (figura 6) e mexam com a colher de bambu (figura 7), por fim todo o macarrão deve ter ido para a panela e todo ele tem que estar com “brilho” da manteiga (figura 8).

(10)

Figura 6 – Aos poucos, coloquem todo o macarrão na panela.

Figura 7 - Aos poucos mesmo, sempre mexendo.

Figura 7 – Coloquem aos poucos e mexa sempre.

Figura 9 - Tudo junto, misturado e "brilhando".

Figura 8 – Tudo junto, misturado e “brilhando”.

O macarrão está pronto. Vamos agora preparar os canellonis; numa superfície lisa coloquem uma fatia de presunto aberta e por cima dela uma fatia de queijo  (figura 9) e em uma das pontas coloquem um pouco do macarrão (figura 10).

Figura X - Queijo e presunto.

 Figura 9 – Queijo e presunto.

ff

Figura 10 – Macarrão numa das pontas.

Após isso enrolem-no como se tivesse fazendo uma panqueca (figura 11), ressalto que é imprescindível que o presunto fique por fora.

efd

Figura 11 – Apresento-vos o canelloni invertido.

Após enrolá-lo, cortem-no ao meio e coloquem num refratário em pé com a parte cortada para baixo, façam isso com todos os rolinhos (figuras 12, 13 e 14).

(16)

Figura 12 – Cortem o canelloni ao meio e separem as duas metades.

Figura 14 - Coloquem as duas metades de pé com lado cortado para baixo.

Figura 13 – Coloquem as duas metades de pé com lado cortado para baixo.

Figura 14 - Coloquem as duas metades de pé com lado cortado para baixo.

Figura 14 – Façam isso com todos e arrumem-nos num refratário.

Pronto. Agora só falta o molho de tomate por cima de tudo; numa panela em fogo alto coloquem as duas colheres de manteiga restantes  (figura 15) e um fio de azeite (figura 16) para não queimar a manteiga e quando ela começar a derreter incluam as duas colheres alho picado restantes (figura 17).

sdad

Figura 15 – Manteiga para derreter.

Figura 17 - Incluam um fio de azeite.

Figura 16 – Incluam um fio de azeite.

Figura 18 - Alho

Figura 17 – Alho para fritar.

Quando o alho tiver bem frito, coloquem as azeitonas pretas descaroçadas e picadas pra que refoguem junto com o alho (figura 18) e mexam para que as azeitonas incorporem a manteiga e ao alho picado (figura 19).

(23)

 Figura 18 – Azeitona no alho.

Figura 18 - Azeitona no alho.

Figura 19 – Bonita a mistura, não acham?

Agora é só colocar os dois sachês de molho de tomate na frigideira e mexer bem (figura 20) até que comecem a levantar fervura.

Figura 21 - Refogar o molho pronto é um dos meus segredos que divido com vocês!

Figura 20 – Refogar o molho comprado pronto é um dos meus segredos que divido com vocês.

Com o molho pronto e refogado na panela, reguem os canellonis no refratário até que todos estejam cobertos de molho (figura 21) e após isso cubra-os com queijo parmesão ralado (figura 22).

 

(26)

Figura 21 – Reguem todos eles.

Figura 23 - Queijo parmesão por cima de tudo.

Figura 22 – Queijo parmesão por cima de tudo.

Agora é só levar ao forno até gratinar e servi-los quente (figura 24).

Figura 24 - Servidos?

Figura 24 – Servidos?

Meus amigos, como vocês já devem ter percebido no meu blog, faço diversas receitas de diversos ingredientes diferentes, carne, frango, camarão, carne de porco, porém minha preferência são as massas, gosto de comê-las e principalmente de fazê-las, particularmente sempre fico muitíssimo satisfeito com o resultado final das minhas receitas de massas, acho que acerto em todas.

Esse canelloni invertido é (até agora) sem a menor sobra de dúvida a melhor das receitas que já fiz e por essa razão foi eleita pelo meu filho Felipe como a receita que irei fazer quando eu for convidado para o programa da Ana Maria Braga. O que? vocês não acreditam que isso seja possível? Amigos, como disse Walt Disney “Se você pode sonhar, você pode fazer”, cada sonho na sua vez.  O blog era uma realização tão distante e hoje ele é uma realidade, o livro que quero (e vou) lançar está cada vez mais concretizado, então porque não sonhar com isso?  Fiquem com Deus e lembrem-se sempre SIGAM EM FRENTE!!!

 

VAMOS TENTAR?
AOS TALHERES!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.