Dadinho de tapioca

E aí pessoal? Tudo beleza? A receita de hoje eu conheci em uma viagem de trabalho que fiz a Manaus, confesso que até então, eu nunca tinha ouvido falar, mas após degustá-la descobri que esse tira gosto chamado de dadinho de tapioca é uma febre em vários restaurantes.  Diante dessa constatação fui buscar receitas na internet para que pudesse ensiná-la para vocês e achei uma que é muito fácil de ser feita e o resultado final ficou melhor do que os dadinhos que provei no restaurante em Manaus.

Vocês vão precisar de:

  • 250 gramas de queijo coalho ralado,
  • 1 xícara e 1/4 de tapioca granulada (tem que ser granulada),
  • 500 ml de leite integral,
  • 1 colher de chá de sal (lembrando que sal é a gosto), e
  • 1 pitada de pimenta.

Como fazer:

Pessoal, não consegui achar queijo coalho à peso para comprar e ralar, mas solucionei esse problema comprando espetinhos de queijo coalho de churrasco facilmente encontrados em mercados e ralando-os após tirá-los do espeto (figura 1).

Figura 1 – Cada espetinho pesa aproximadamente 50 gramas.

Com o queijo ralado em um tigela, acrescentem a tapioca granulada (figura 2), o sal e a pimenta (figura 3) e por último o leite quente (figura 4). Misturem tudo até obterem uma massa homogênea (figura 5).

Figura 2 – A tapioca granulada tem aspecto de sagu.

Figura 3 – Sal e pimenta a gosto.

Figura 4 – Leite quente para misturar tudo.

Figura 5 – Misturem tudo.

Antes mesmo de misturar os ingredientes, forrem o fundo de um refratário com filme plástico PVC para que, após estarem com a “massa” pronta, transfiram para o refratário (figura 6).

  

Figura 6 – Cubram o fundo do refratário.

Quando transferirem toda a massa para o refratário alisem-na com ajuda de uma espátula de silicone (figura 7), cubram-na com outra película de filme plástico e pressionem com a mão para que fique bem compacta (figura 8). Levem à geladeira por no mínimo 3 horas.

Figura 7 – Massa lisinha.

Figura 8 – Cubram e pressionem para compactar a massa.

Após o tempo mínimo sugerido, retirem o filme plástico que cobria a massa, virem o refratário sobre uma tábua ou superfície lisa (figura 9) e desenformem-na (figura 10).

Figura 9 – Uma tábua grande ajuda.

Figura 10 – Desenforme a massa com ajuda do filme plástico que estava sob a massa.

Retirem o filme plástico que estava forrando o refratário e, com ajuda de uma faca, cortem a massa em tiras (figura 11) e depois cortem as tiras em quadrados (figura 12).

Figura 11 – Massa em tiras.

  Figura 12 – Tiras em cubos.

Agora é fritar os dadinhos em óleo quente (figuras 13 e 14) até ficarem ligeiramente dourados e servi-los acompanhados de molho agridoce (figura 15).

Figura 13 – Dadinhos no óleo quente.

Figura 14 – Dadinhos dourados? Tirem do óleo!

Figura 15 – Servidos?

EM TEMPO: Pessoal tentei “fritar” os  dadinhos na air fryer e deu super certo! Acho até que ficou melhor do que o frito no óleo, opinião compartilhada entre minha esposa e meus filhos. Tive a preocupação de passar óleo com auxílio de um pincel de silicone nos dadinhos antes de colocá-los no aparelho (figura 17).

Figura 16 – Acreditem ficou mais gostoso na air fryer!

VAMOS TENTAR?
AOS TALHERES!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.