Filé suíno ao Barbecue

E aí pessoal? Tudo beleza? Hoje vou apresentar uma receita cujo o ingrediente principal  já está pronto para ser assado, pois trata-se de uma “tendência” nova nos mercados. Cada dia mais estamos encontrando nos mercados diversos alimentos já temperados e prontos para serem assados, tudo com a finalidade de facilitar a vida do consumidor (figuras 1, 2 e 3) eu por exemplo, já provei todos das figuras abaixo, recomendo muito!! Deliciosos!!

frango sadia

Figura 1 – Frango assa fácil, ótimo para uma emergência.

lombo_sadia

Figura 2 – Lombo assa fácil, ótimo para quando não queremos ter trabalho nas ceias de Natal e Reveillon.

salmão_sadia

Figura 3 – Salmão assa fácil é ótimo para qualquer ocasião.

Eu, apesar de gostar de cozinhar, também aderi à moda dos alimentos já preparados e hoje vou incrementar um filé mignon suíno com molho de barbecuce. Essa receita vocês podem fazer como um prato principal acompanhado de arroz, salada e batatas, ou fazer como tira-gosto numa “roda de cerveja” entre amigos, porém dessa forma vocês deverão servir com torradinhas de pão fresco.

A carne suína no passado era classificada como vilã, pois nossos avós e até nossos pais tinham a imagem dos porcos criados em chiqueiros pouco higiênicos, alimentado-se de restos de comida e por essa razão, várias vezes foi “acusada” de não ser saudável. No entanto, os suínos atuais crescem em fazendas higienizadas e com uma alimentação nutricionalmente balanceada.

Vocês vão precisar de:

  • 1 peça fechada de filé mignon suíno temperado, existem diversas marcas,
  • 1 colher de sopa de alho picado,
  • Suco de 1 limão,
  • 2 cebolas grandes cortadas em cruz,
  • 1/2 xícara de chá de óleo,
  • 2 colheres de sopa de açúcar,
  • 1/2 xícara de chá de molho barbecue,

Como fazer:

A primeira coisa que vocês terão que fazer é achar o filé mignon suíno no mercado, acredite é muito mais fácil encontrá-lo já ensacado do que comprar diretamente no açougue. Quando comprei no mercado daqui da cidade, tinham umas três marcas diferentes (figuras 4).

Figura 4 – Filé mignon suíno temperado, pronto para assar.

Quando chegarem em casa, tirem o filé mignon do saco (normalmente vem dois filés) e com auxílio de uma faca limpem para tirarem o excesso de gordura (figuras 5 e 6).

Figura 5 – Antes de limpar.

Figura 6 – Depois de limpar.

Feita a limpeza, vamos cortá-lo. Se vocês irão prepará-lo como prato principal cortem o filé em cubos grandes, porém se vocês forem fazer como tira-gosto cortem o filé em cubinhos ou em iscas (preferencialmente). Como fiz essa receita como prato principal, cortei em cubos grandes (figura 7).

Figura 7 – Carne em cubos.

Com o filé cortado, vamos temperá-lo com limão e alho (figura 8 e 9). Eu sei!! já vem temperado, mas carne de porco sem limão e alho é um pecado (na minha humilde opinião) e particularmente acredito que o limão dá uma “quebrada” naquele cheiro de gordura da carne de porco (se vocês não sentem esse cheiro, me desculpe… mas é paranoia minha, eu sinto).

Figura 8 – Suco de um limão.

Figura 9 – Alho picado.

Enquanto a carne “pega” um pouco do tempero, vamos adiantar e cortar a cebola antes de levar a carne ao fogo. Da mesma forma que disse antes, se vocês irão prepará-lo como prato principal cortem a cebola em cruz, porém se vocês forem fazer como tira-gosto cortem a cebola em fatias. Como fiz essa receita como prato principal, cortei em cruz (figura 10).

Figura 10 – Cebola em cruz.

Numa panela alta, coloquem 1/2 meia xícara de óleo e espalhem as 2 colheres de açúcar,  preocupando-se em distribuir de forma igual dentro na panela (figuras 11 e 12).

Figura 11 – Óleo.

Figura 12 – 2 colheres de açúcar espalhadas por todo óleo.

Vocês, caríssimos desbravadores da cozinha, devem estar se perguntando desde o momento em que leram na lista de ingredientes, o que será feito com o açúcar?  Pois bem, iremos caramelizar a carne. Estão em dúvida o que é caramelizar? Consultem o dicionário culinário publicado anteriormente nesse blog .

A medida que o óleo for esquentando o açúcar (figura 13), vocês irão perceber que o ele começará a ficar com cor de caramelo (figura 14), quando isso acontecer coloquem toda a carne na panela.

Figura 13 - Açúcar espalhado esquentando

Figura 13 – Açúcar espalhado esquentando.

Figura 14 - Açúcar caramelizando

Figura 14 – Açúcar caramelizando.

Após colocar a carne na panela mexam com uma colher de bambu, vocês irão perceber que a carne irá começar a “aguar”, isso naturalmente ocorre e é o momento em que a ela irá cozinhar (figura 15).

Figura 15 – Carne “aguando”.

 

Quando a carne estiver bem caramelizada (figura 16), abaixem a intensidade da chama do fogão e incluam a cebola cortada em cruz (figura 17).

Figura 16 – Percebem que a carne está coradinha por fora? Essa é a finalidade de caramelizar a carne.

Figura 17 – Cebola na carne.

Após colocarem a cebola em cruz mexam bem com a colher de bambu até ela se desmanchar em pétalas e começar a soltar água (figura 18),  nesse momento incluam a meia xícara de molho barbecue (figura 19).

Figura 18 – Cebola.

Figura 19 – Molho barbecue na carne.

Agora é manter o fogo baixo, tampar a panela  por uns três minutos para que o molho incorpore em toda a carne e a cebola e em seguida servir (figura 20).

Figura 20 - Servidos?

Figura 20 – Servidos?

VAMOS TENTAR?
AOS TALHERES!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.