Macarrão linguine com calabresa

E aí pessoal? Tudo beleza? Ahhhh! o macarrão, comida perfeita para qualquer hora e ocasião, desde pequeno sou louco por ele! De qualquer maneira que ele for preparado eu gosto, ao molho branco, à bolonhesa, à carbonara, ao alho e óleo, até o miojo!! Os descendentes de italianos que conheço devem estar me xingando por chamar miojo de macarrão, mas me desculpem não é culpa minha, isso é o que vem escrito nas embalagens “macarrão instantâneo”.

Como todo e qualquer militar, o miojo fez parte de quatro anos de minha vida acadêmica porém hoje em dia… é difícil… não tem como comer e não pensar naqueles quatro e longos anos (NÃO, não passa rápido). Porém voltando ao macarrão, quando ele é bem reparado, é a certeza da vitória na mesa das famílias brasileiras.

Numa pesquisa realizada em 2014, o Brasil ficou em 3° lugar no consumo no mundo!!! Pois bem, aqui em casa todos gostamos muito e para sair do trivial (macarrão com carne moída) resolvi tentar fazer macarrão com calabresa, e a massa escolhida foi o macarrão linguine.

Vocês irão precisar de:

  • 1 pacote de 500 gramas de macarrão linguine  (aquele achatadinho),
  • 400 gramas de linguiça calabresa (mais ou menos duas unidades),
  • 2 colheres de sopa de manteiga (ou margarina),
  • 2 colheres de sopa de alho,
  • 1 cebola roxa ralada,
  • 10 tomates cerejas,
  • 1 ramo de salsinha picada.

Como fazer:

Numa panela alta ou espagueteira coloquem 5 litros de água, temperem com uma colher de sopa de sal, outra colher de sopa de azeite e após ferver coloquem o macarrão para cozimento (figura 1).

Figura 1 – Macarrão na panela!!!

O tempo de cozimento do macarrão, conforme disse na receita de falsa lasanha, será o que está previsto na embalagem da marca de macarrrão que vocês compraram, no meu caso o tempo ideal de cozimento informado era de 8 a 10 minutos, não tive dúvida… coloquei 9 minutos no timer (a virtude está mesmo!).

Vocês já usaram o timer do microondas de vocês? Possivelmente ele possui essa função, e vocês não sabem, consultem o manual de instruções, para mim que sou muuuuuito esquecido foi uma descoberta e tanto este recurso.

Após o timer apitar despejem o macarrão numa peneira e deixem embaixo da água fria para cessar o cozimento (figura 2) e após isso reservem.

Figura 2 – Não negligenciem este passo ele é muito importante.

Peguem as linguiças calabresa e retirem a “pele” delas com auxílio de uma faca (figura 3), depois cortem no meio no sentido longitudinal, depois cortem cada metade em três parte iguais também no sentido longitudinal (figura 4) e depois piquem em pedacinhos iguais (figura 5).

Figura 3 – Descamisando a linguiça.

Figura 4 – Cortando em tiras.

Figura 5 – Em cubinhos.

Com os outros ingredientes, façam o seguinte: Ralem a cebola no ralo grosso (figura 6), lavem os tomates cerejas, cortem em cruz retirando as sementes (figura 7) e piquem a salsinha (figura 8).

Figura 6 – Cebola no ralo grosso.

Figura 7 – Tomates lavados cortados em cruz.

Figura 8 – Salsinha picada.

Numa panela grande (pode ser uma frigideira, desde que seja grande) coloquem as duas colheres de manteiga (figura 9), as duas colheres de azeite (figura 10) e quando a manteiga derreter coloquem as duas colheres de alho picado (figura 11).

Figura 9 – Manteiga.

Figura 10 – Azeite.

Figura 11 – Alho picado.

Com uma colher de bambu ou de silicone mexam bem o alho para espalhá-lo em toda a panela, aguardem uns cinco minutos e quando o alho tiver bem torradinho incluam a cebola ralada (figura 12).

Da mesma forma que antes, com uma colher de bambu ou de silicone mexam bem a cebola para espalhá-la em toda a panela. Refoguem por 5 minutos para que parte da água que se formará seque um pouco e após isso desliguem o fogo.

Figura 12 – Cebola roxa ralada.

Para não sujarem outra frigideira, retirem todo o refogado da frigideira que estavam utilizando (figura 13) e incluam a linguiça calabresa picada (figura 14).

Figura 13 – A intenção é não sujar outra frigideira.

Figura 14 – Linguiça calabresa para dourar.

Quando a linguiça estiver bem douradinha (figura 15), incluam o refogado que estava reservado (figura 16) e mexam bastante para que incorpore na linguiça. Incluam o tomate cereja cortado em cruz (figura 17), misturem na linguiça com uma colher de bambu (figura 18), apaguem o fogo e tampem a panela por cinco minutos para que os tomates murchem no vapor (figura 19).

Figura 15 – Linguiça bem dourada.

Figura 16 – Refogado na linguiça.

Figura 17 – Tomate sem caroço na linguiça.

Figura 18 – Tomate misturado.

Figura 19 – Tampem para murcharem o tomate no calor da frigideira.

Transcorridos cinco minutos após colocado os tomates, incluam o macarrão linguine (figura 20) e mexam bem com a colher de bambu para que a linguiça se misture em todo macarrão e antes de servir incluam a cebolinha picada (figura 21).

Figura 20 – Caso seja necessário jogue uma água no macarrão antes, com a finalidade de desgrudá-lo uns dos outros.

Figura 21 – Cebolinha antes de servir.

Amigos, muitos devem estar perguntando…  e o molho? Não tem molho nenhum? Eu respondo… não, não tem… O sabor final ficará como um macarrão alho e óleo, só que com o “plus” da linguiça calabresa (figura 22).

Figura 21 – Servidos?

VAMOS TENTAR?
AOS TALHERES!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.