Picanha na chapa com cebola em cruz

E aí pessoal? Tudo beleza? Hoje vou atender mais um pedido de um amigo que diz que minhas receitas são muito complexas para quem está iniciando novas aventuras na cozinha. Como não posso deixar de atender meus seguidores e principalmente, postar uma receita gostosa, irei apresentar uma receita de bife.

Acontece que a receita não será apenas um bife simples, será um bife com um corte que é unanimidade entre aqueles que comem carne e uma tentação  para aqueles que, por opção, não comem carne. Irei fazer um bife de picanha.

Vocês vão precisar de:

  • 1 kg de picanha cortado em bifes,
  • Alho picado,
  • 1 cebola,
  • 1 colher de sopa de manteiga,
  • 1 colher de sopa de azeite, e
  • sal a gosto.

Antes de ensinar a preparação vou tecer um comentário sobre a picanha. Nos açougues de rua ou dos mercados, vocês não conseguirão comprar a picanha por quilo, pois como se trata de um corte nobre ele só é vendido “peça inteira” fresca ou embalada à vácuo.

Diante do que foi dito, para fazer esses bifes vocês devem comprar a peça inteira e cortar um quilo em bifes cortando à partir da parte mais fina da peça (figura 1).

Figura 1 – Os bifes devem ser cortados da parte que não está riscada, pois é mais parte mais macia da picanha.

Feito o comentário, vamos para nossa receita. Com auxílio de uma faca bem afiada cortem os bifes com a espessura de aproximadamente um dedo (figura 2), temperem com uma colher de sopa de alho picado, sal a gosto (figura 3) e em seguida reservem.

Figura 2 – Corte de aproximadamente 1 dedo.

Figura 3 – Sal é a gosto, mas como referência usei uma colher de sal para 1 kg de carne.

Peguem a cebola descascada e, com auxílio de uma faca, cortem em cruz (figura 4). Em seguida ponham em uma frigideira em fogo alto uma colher de sopa de manteiga (figura 5), uma colher de sopa de azeite (figura 6) e assim que a manteiga derreter incluam a cebola (figura 7).

Com auxílio de uma espátula ou garfo, mexam a cebola soltando as “pétalas”e deixem na frigideira até ficarem douradas (figura 8), em seguida retirem da frigideira e reservem.

Figura 4 – Fiz com apenas uma cebola, mas caso queiram podem colocar mais.

Figura 5 – Uma colher de sopa de manteiga.

Figura 6 – Uma colher de sopa de azeite.

Figura 6 – Cebola em cruz na frigideira.

Figura 8 – Deixe na frigideira até que as pétalas comecem a dourar.

Logo que tirarem as  cebolas, sem desligar o fogo, coloquem os bifes de picanha (figura 9). Para deixar os bifes ao ponto, esperem que eles comecem a liberar o líquido vermelho na parte de cima deles  (figura 10) e em seguida virem-nos (figura 11).

Figura 9 – Assim que tirarem a cebola, já coloquem os bifes. 

Figura 10 – Assim que os bifes liberarem o líquido vermelho, é o momento de virarem.

Figura 11 – Pronto para grelhar o outro lado do bife.

Logo que virarem os bife, incluam as cebolas reservadas (figura 12) e deixem por uns três minutos (ou mais se desejarem os bifes mais passados). Antes de desligarem o fogo, “esfreguem” os bifes no fundo da frigideira com auxílio de um garfo para dar aquela corzinha característica de bife na chapa  e sirvam imediatamente (figura 13).

Figura 12 – As cebolas reservadas vão agora dourar na gordura da picanha.

Figura 13 – Servidos?

 

VAMOS TENTAR?
AOS TALHERES!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.