Pizza de frigideira

E aí pessoal? Tudo beleza? Posso começar essa receita dizendo o nome “pizza de frigideira” não é o nome pelo qual talvez vocês conheçam esse alimento. Eu, particularmente, conheci através de uma seguidora das minhas receitas no instagram, também louca por gastronomia, que postou a foto de uma receita que ela tinha feito de Flatbread… sim flatbread!

Comi esse flatbread de entrada em um restaurante tipico de comida australiana e achei muito parecido com a minha receita de  pizza branca que postei aqui, porém essa seguidora, fez a receita dela, colocando queijo, tomate e orégano por cima da massa, e cortou em formato de pizza, logo, me veio a ideia de “rebatizar” a receita como pizza de frigideira. Sacaram?

Após procurar uma receita na internet e colocar meu toque pessoal nela, fiz aqui em casa e sucesso foi absoluto na minha família, e olha que somos chatos para elogiar uma pizza.

Vocês vão precisar de (receita para 5 discos pequenos estilo pizza brotinho):

  • 1 xícara de chá de farinha de trigo,
  • 1 colher de sopa de azeite,
  • 2 colheres de sopa de whisky,
  • 1/4 colher de chá de sal,
  • Água morna,
  • molho de tomate,
  • queijo mussarela ralado,
  • ingredientes que desejarem na pizza.

Como fazer:

Numa tigela coloquem a farinha de trigo (figura 1) e acrescentem o azeite (figura 2), o sal (figura 3) e o whisky (figura 4). Nas fotos poderão perceber a mãozinha da minha filha ajudante nº1 da cozinha.

Figura 1 – Farinha de trigo.

Figura 2 – Azeite.

Figura 3 – Sal.

Figura 4 – Se não tiverem whisky, coloquem conhaque ou até mesmo cachaça.

Agora misturem tudo com as mãos (figura 5), acrescentem um pouco de água morna (figura 6) até obterem uma massa firme em formato de bola (figuras 7 e 8).

Figura 5 – literalmente mãos à massa.

Figura 6 – Acrescentem um pouco de água morna.

Figura 7 – Misturem mais.

Figura 8 – Até obterem uma bola de massa.

Diferente da massa de pizza tradicional que eu também já ensinei a fazer aqui, essa massa não leva fermento e nem precisa deixar “descansar” para crescer.

Com a massa pronta cortem em porções menores (dá para fazer uns 5 discos do tamanho de uma pizza brotinho) e abram com um rolo de massa numa pia ou balcão enfarinhado (figura 9).

Figura 9 – tem que ficar bem fininha!!!!

Com as massas abertas levem, uma a uma, para frigideira em fogo alto (figura 10), esperem uns dois a três minutos e com ajuda de uma espátula de silicone ou bambu (figura 11) virem a massa. Vocês irão perceber que a massa já está perfeitamente assada ao observarem as “manchas” amarronzadas na massa (figura 12).

Figura 10 – Pronta para assar.

Figura 12 – Após o tempo sugerido é fácil virar com ajuda de uma espátula.

Figura 13 – Percebem as “manchas” amarronzadas? Sinal de que a massa assou.

Coloquem o fogo no mínimo e espalhem um pouco de molho de tomate por cima da massa (figura 14), depois o queijo mussarela (figura 15), e por último o orégano (figura 16) e cubram a frigideira com uma tampa (figura 17).

DICA: Vocês podem utilizar qualquer outra cobertura que sejam da preferência de vocês (outros tipos de queijo, tomate, presunto…).

Figura 14 – Molho de tomate.

figura 15 – Queijo mussarela.

Figura 16 – Orégano.

Figura 17 – Tampem a frigideira para abafá-la.

Após uns 5 minutos com a frigideira tampada, tirem a tampa e observem se o queijo já derreteu, caso contrário tampem novamente e esperem mais um pouco. O mais importante é servirem quente! (figura 18).

Figura 18 – Servidos?

 

 

 

 

VAMOS TENTAR?
AOS TALHERES!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *