Almondegão Recheado

E aí pessoal? Tudo Beleza? Antes de qualquer coisa, quero pedir desculpas aos meus seguidores, pois meu compromisso (assumido comigo mesmo) é postar pelo menos uma receita por semana aqui no blog. Porém desde sexta-feira passada (dia 17 de junho) estou atolado com outras tarefas no trabalho e também em um projeto social que participo, por essa razão fiquei devendo o post de meio de semana. Para compensar minha ausência hoje irei trazer uma receita de almondega recheada, na verdade um almondegão recheado, garanto que será sucesso absoluto na casa de vocês.

vocês irão precisar de:

  • 01 quilo de carne moída (patinho),
  • 02 cebolas raladas,
  • 03 colheres de sopa de alho picado,
  • 01 pacote de sopa de cebola,
  • 01 colher de sopa de orégano,
  • 100 gramas de presunto ralada,
  • 200 gramas de mussarela ralada,
  • 02 sachês de molho de tomate.

Como fazer:

Coloquem a carne moída numa tigela grande e acrescentem as cebolas raladas, reservando apenas uma colher de sopa (figura 1), duas colheres de alho picado (figura 2), o pacote de sopa de cebola (figura 3) e a colher de sopa de orégano (figura 4).

Após incluírem tudo misturem bem até obterem uma massa homogênea e dividam em duas bolas de tamanhos iguais (figura 5).

SOPA DE CEBOLA: Amigos desbravadores da cozinha, sopa de cebola trata-se de um pacote de um “pó pronto” para fazer… Adivinhem? Isso,  sopa de cebola. Nos mercados são encontrados junto das prateleiras que vendem os cubos de caldo de legumes, carne , galinha e etc, tem de diversas marcas, porém só utilizo as mais conhecidas (figura 6)

(1)

Figura 1 – Cebola ralada, lembrem-se de reservar apenas uma colher de sopa dessa cebola para depois.

(2)

Figura 2 – Alho picado.

(3)

Figura 3 – Pacote de sopa de cebola.

(4)

Figura 4 – Colher de sopa de orégano.

(5)

Figura 5 – Massa homogênea dividida em dois.

Figura 1 - Sopa de cebola ou caldo de cebola, ambos servem para receita.

Figura 6 – Sopa de cebola ou caldo de cebola, ambos servem para receita.

Peguem uma dessas metades da massa de carne e espalhem numa frigideira de 28 cm (sim é bem grande) previamente untada com azeite (figuras 7 e 8) até cobrirem todo o fundo da mesma.

(6)

Figura 7 – Untem bem com azeite.

(7)

Figura 8 – Espalhem com a mão até forrar todo o fundo.

Feito isso, espalhem por cima da carne o presunto ralado e o queijo ralado, tentando manter as bordas livres desses recheios (figuras 9 e 10).

(9)

Figura 9 – Primeiro o presunto ralado.

(10)

Figura 10 – Após o presunto, queijo mussarela ralado por cima.

Vamos agora “tampar” isso tudo. Coloquem a outra metade da massa de carne dentro de um saco plástico grande com as bordas cortadas (figura 11) e amassem-na com as mãos (figura 12). 

(12)

Figura 11 – É importante que bordas do saco plástico estejam cortadas, deixando apenas a parte do fundo do mesmo.

(13)

Figura 12 – Amassem-na com as mãos.

Após esticarem a “massa”, descubram a carne com a parte superior do saco plástico e aproximem a frigideira do mesmo, concentrem-se, pois é o momento de maior “tensão” de nossa receita (Figura 13).

Figura 13 - Momento de tensão.

Figura 13 – Momento de tensão.

 1, 2, 3 e já!! Virem o plástico para cima da frigideira (figura 14), acreditem, apesar da brincadeira este passo é bem simples, a carne presa ao plástico não desgruda tão fácil, por isso é possível virá-lo sem que a carne “escorregue” dele.

(17)

Figura 14 – É bem fácil !! Acreditem!!!

 Retirem o plástico e com ponta dos dedos fechem a massa pelas bordas (figuras 15, 16 e 17) e após isso reservem para a preparação do molho.

(18)

Figura 15 – Retirem o plástico.

Figura 15 - Com a ponta dos dedos pressionem as bordas.

Figura 16 – Com a ponta dos dedos pressionem as bordas.

Figura 15 - Pronto! "porpeta" pronta para ir ao fogo.

Figura 17 – Pronto! “porpeta” pronta para ir ao fogo.

Numa panela alta coloquem uma colher de sopa de azeite, o alho e a cebola restantes e uma pitada de pimenta do reino (figura 18), quando tudo dentro da panela estiver bem douradinho, incluam os sachês de molho de tomate e deixem apurar por 2 minutos, após isso desliguem o fogo e reservem (figura 19). 

(24)

Figura 18 – Azeite, alho, cebola e pimenta.

(25)

Figura 19 – Após incluir o molho de tomate, deixem apurar por dois minutos.

Voltando para o almondegão; levem a frigideira ao fogo baixo e deixem-na por 5 a 10 minutos, aquele azeite usado para untar a frigideira irá ajudar a fritá-la por baixo (figura 20), após passar esse tempo com ajuda de um prato de grande, vire o almodegão e deixem-no por mais 5 a 10 minutos (figuras 21, 22, 23 e 24).

(28)

Figura 20 – De 5 a 10 minutos, esse tempo é suficiente.

(29)

Figura 21 – Apesar da frigideira ser grande, o prato pode ser um pouco menor.

(30)

Figura 22 – Prato na frigideira, agora é só virar.

(31)

Figura 23 – É só colocar de volta na frigideira.

(32)

Figura 24 – De volta a frigideira, agora é mais 5 a 10 minutos.

Agora é derramar o molho por cima do almondegão (figura 25) e em fogo baixo esperar mais uns 10 minutos para que o molho de tomate termine de cozinhar a carne (figura 26). 

(34)

Figura 25 – Derramem o molho de tomate por cima do almondegão.

(35)

Figura 26 – Se vocês tiverem tampa essa frigideira, melhor ainda, pois o sabor ficará mais apurado.

Almondega, combina com massa, e com  o almondegão não é diferente. Fiz um espagettti ao alho e óleo que caiu super bem com essa receita (figura 27).

destacada

Figura 27 – Servidos?

DICA: Se tiverem manjericão fresco em casa, coloquem algumas folhas no molho de tomate antes de servirem, pois além do aroma sensacional que este tempero proporciona na comida, o sabor será muito melhor!

VAMOS TENTAR?
AOS TALHERES!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.