Ratattouille

E aí pessoal? Tudo beleza? Quem tem filho pequeno já ouviu falar esse nome “ratattouile”, é bem provável também que já tenham visto o filme que trata de um residente de Paris conhecido como Remy que possuía um sofisticado paladar e que tinha um sonho de se tornar um chef de cozinha e desfrutar as diversas obras da arte culinária. Seria um enredo “sem sal” para um filme de cinema, porém Remy é um rato e  é isso que faz desse filme um dos sucessos da Disney.

No entanto, não estou aqui hoje para falar do filme e sim da receita que deu nome ao filme. Trata-se de uma receita feita com legumes e que além de deliciosa tem uma apresentação que embeleza qualquer mesa.

Vocês vão precisar de:

  • 1 abobrinha,
  • 1 ou 2 berinjelas (conforme o tamanho),
  • 3 tomates,
  • 2 colheres de sopa de manteiga,
  • 2 colheres de sopa de alho.
  • 1 sachê de molho de tomate,
  • 100 gramas de queijo parmesão ralado.

Para facilitar a vida de vocês, escolham as berinjelas da mesma espessura da abobrinha (figura 1), por essa razão eu sempre prefiro pegar duas berinjelas ao invés de uma.

Figura 1 – Ter os legumes da mesma espessura irá te ajudar muito na hora de montar o prato.

Com os legumes lavados com água e sabão, cortem todos eles em fatias de aproximadamente meio centímetro de espessura (figuras 2, 3 e 4) e após isso reservem.

Figura 2 – Aproximadamente meio centímetro de espessura.

Figura 3 – Berinjela.

Figura 4 – Não escolham tomates muito macios, prefiram os mais firmes.

Em seguida numa frigideira em fogo alto, ponham um pouco de manteiga e alho (figura 5) e grelhem ligeiramente as fatias de abobrinha e berinjela. Primeiro um lado (figuras 6 e 7) e depois o outro (figura 8 e 9). Apesar de parecer complicado e demorado, acreditem não é! É só um “susto” de cada dos legumes (figura 10).

Figura 5 – Um pouco de manteiga e alho, sempre que forem colocar grelhar outra remessa de legumes, coloquem um pouco mais.

Figura 6 – Um lado da berinjela.

Figura 7 – Um lado da abobrinha.

Figura 8 – O outro lado da berinjela.

Figura 9 – O outro lado da abobrinha.

Figura 10 – Abobrinha e berinjela ligeiramente grelhados.

Enquanto os legumes esfriam, despejem um sachê de molho de tomate no fundo de um refratário de vidro (redondo ou quadrado) e espalhem de maneira que cubram todo o fundo (figura 11).

 Figura 11 – Molho de tomate no fundo do refratário.

Com os legumes frios, arrumem no refratário colocando-os em sequência:  uma fatia de berinjela, uma fatia de tomate e uma fatia de abobrinha (figura 12), depois mais uma sequência… Mais uma sequência… (figura 13) Mais uma sequência… Até que todo refratário esteja preenchido ( figura 14).

Figura 12 – A ordem dos legumes não altera a gostosura.

Figura 13 – Devagarzinho o refratário começa a ficar a preenchido e bonito.

Figura 14 –  Nessa foto eu já adicionei umas folhas de manjericão fresco por cima de tudo. 

Meus amigos, acreditem, arrumar esse prato igual a foto acima NÃO é complicado! É como se vocês estivessem embaralhando as cartas de um baralho. Se preferirem, e acharem mais fácil, arrumem na palma da mão três sequências de berinjela, tomate e abobrinha e somente depois coloquem no refratário, isso ajudará a deixar os legumes empezinhos.

Outra coisa, perceberam que depois de preencher a parte externa no refratário com legumes “tombando” para um lado a parte interna eu fiz tombando para o outro?  Façam isso também, pois dará uma apresentação final mais bonita ao prato.

Como toque final ao prato, coloquem o queijo parmesão por cima dos legumes (figura 15) e levem ao forno médio pré-aquecido por 25 minutos (figura 16).

Figura 15 – Queijo parmesão ralado por cima de tudo.

 

Figura 16 – Servidos?

VAMOS TENTAR?
AOS TALHERES!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.